Obidos Turismo

Bordado de Obidos

Bordados de Óbidos - Uma arte com meio século de existência

Arabescos, pássaros, o castelo e a palavra Óbidos, bordados em tons de azul, rosa, almão, verde, amarelo e castanho compõem os bordados de Óbidos. Criados em meados do século passado por uma obidense, nestes bordados são empregues os pontos pé de galo para o preenchimento e o ponto pé de flor para os contornos, sobre o linho branco, meio linho ou estopa. É com franja executada no tear manual ou ainda com bainha presa com os mesmos pontos que se empregam no trabalho que se terminam os bordados.

Os motivos foram inspirados no tecto da nave central da Igreja de Santa Maria. Para passar os desenhos para o papel colocavam um espelho no chão, que os reflectia e assim facilitava o seu trabalho.

Actualmente a Associação Artística e Artesanal "Bordar Óbidos" está sedeada na Rua Direita, junto ao Largo de Santa Maria, depois de anos a fio ter ocupado a Capela de S. Martinho.

Neste espaço é actualmente dividido com as artesãs de verguinha (cerâmica). Expostos neste local encontram-se os mais variados trabalhos, desde panos para tabuleiros e quadros, naperons, blusas, sacos de cheiros, apliques em caixinhas e abajours. As paredes do edifício estão ainda ornamentadas com tapeçaria de Óbidos, também inspirada neste bordado.

Todos os produtos expostos bordados pelos elementos da associação, apresentam o selo de autenticidade, que lhe garante a genuinidade. Actualmente só mesmo os que são feitos por estas bordadeiras é que possuem selo, que é atribuído pela Câmara de Óbidos. O processo, contínuo, consiste em que as bordadeiras reúnam, no mínimo, 15 bordados que entregam na Câmara, onde são avaliados por três especialistas, sendo depois autenticados com o selo e comercializados.