Obidos Turismo

Igreja Nossa Senhora da Aboboriz

Situada no ermo da povoação, junto à Estrada Nacional 114, a Igreja Matriz, de construção arcaica, sofreu grandes modificações ao longo do tempo, constituindo um belo exemplo de arquitectura religiosa de feição maneirista. A sua fundação terá ocorrido nos primórdios da monarquia, e em 1755 com o grande terramoto terá sofrido bastantes danos tendo sido reconstruída no século passado.

O edifício, de planta longitudinal, é composto por nave única, capela-mor, sacristia, dependências paroquiais e duas galilés alpendradas, uma no frontispício e outra lateral. A cobertura exterior, diferenciada, é um telhado de duas águas sobre a nove e capela-mor, de três águas sobre galilé e de aba corrida sobre sacristia, dependências paroquiais e galilé lateral.

A fachada principal, orientada a Oeste, em empena angular rematada por cruz, é rasgada por óculo, a cuja altura se eleva a galilé. Esta exibe oito vãos delimitados por colunas , estando estas assentes num parapeito corrido e aberto ao centro por escada, que desce para acesso ao templo através de porta recta, encimada por nicho com imagem de Nossa Senhora do Rosário. No lado esquerdo, logo na entrada, tem um painel de azulejos do Séc. XVII que representa S. Miguel e as Almas.

A torre sineira, de secção quadrada, é aberta ao nível do segundo piso por campanário em arco alteado em cada uma das faces, tendo remate em corochéu de Ângulos quebrados, franqueado por pináculo com pombas nos topos e encimado por cruz de ferro.

A fachada Sul apresenta, por sua vez, avançamento dos corpos das dependências paroquiais, abertos por porta e janelas. Os corpos da nave e da capela-mor, ambos de empena recta, são rasgados por duas janelas ao nível do segundo piso, no primeiro caso, e por uma janela, no segundo.

A fachada Este, correspondente ao corpo da capela-mor, de pano único, é delimitada por cunhais de cantaria, terminando em empena angular.

Por sua vez, a fachada Norte exibe ressalto da sacristia e alpendre de sete vãos com escada de acesso a uma porta que abre para a neve.

No interior, o coro-alto, de balaustrada assente sobre duas colunas de fuste liso, abre para a nave única de pavimento em mosaico e cobertura em tecto de madeira disposto em três planos, formando caixotões.
 
Do lado da Epístola está o Cadeiral entre a capela e os altares laterais, tendo um destes retábulos com colunas pseudosalomónicas. O púlpito, de balaustrada assente em mísula e com escada de um lanço, encontra-se ao lado do Evangelho, junto aos altares laterais.

Destaque para o revestimento azulejar de padronagem dividido em dois andares (o superior com o módulo mais dilatado), através de uma barra que envolve o conjunto e integra as capelas e altares laterais. Junto da porta de entrada, do lado do Evangelho, vê-se um painel cerâmico embutido, de 10 por 11 azulejos policromos, com um S. Miguel e Almas, dentro de uma dupla moldura de óvulos, com a legenda: “HU. PADRE. NO.SO E / HVA.AVE. MARIA PE / LA TENSA.DO DEVO / TO Q.MANDOV.FA. / ZER.ESTE.PAIN/EL.”. No coro-alto, enquadrando o óculo, vê-se um silhar de azulejos avulsos azul e branco com motivos florais, que se prolonga longitudinalmente pelo corpo da nave até à sanca. Azulejos de padronagem revestem ainda a parede onde se abre o arco triunfal de volta perfeita.

A capela-mor, de pavimento lajeado e coberto em abóbada de berço, exibe altar de retábulo policromado com camarim e trono. Ainda na capela-mor é possível observar uma campa de pedra branca com a seguinte inscrição: “Aqui jaz sepultura o R. José Gomes Monteiro, prior que foi na colegiada vila de Ourém, falecido a 6 de Janeiro do ano de 1756”. Ao lado desta, abaixo do arco do cruzeiro, existe uma outra também com inscrição “Sepultura do Dr. Barnardo Gomes Monteiro de Carvalho e de seus sucessores, falecido = A = D = E =”.

A iluminação é feita pelo óculo do frontispício, pelas quatro janelas da nave e pelas duas da capela-mor.

Conta a lenda que a construção desta igreja se deve à descoberta de uma imagem de Nossa Senhora no tronco carcomido de um loureiro...