Obidos Turismo

Ermida de Nossa Senhora do Carmo    

Situada fora de portas, na encosta do lado poente, a sua origem perde-se no tempo. A tradição afirma ter sido um templo romano dedicado a Júpiter, havendo a memória de terem existido nesta igreja várias lápides com inscrições romanas. Foi sede da paróquia de São João Baptista (do Mocharro) até 1636, altura em que se transferiu para a antiga capela de São Vicente dos Gafos na entrada sul da Vila, ficando a partir dessa data com a invocação de Nossa Senhora do Carmo. Foi também muito afectada pelo terramoto de 1755, resultando a sua feição actual das obras de reintegração que sofreu em meados do século XX, por acção da Direcção Geral dos Edifícios e Monumentos Nacionais. A antiga imagem do orago, São João Baptista, é uma notável escultura de meados do século XV de provável origem coimbrã, encontrando-se hoje no Museu Municipal. No exterior, junto à cabeceira, ergue-se o campanário medieval.